Cerca de 30 representantes da Federação Única dos Petroleiros (FUP) interromperam nesta tarde, com palavras de ordem, a audiência pública da Comissão Especial da Câmara que debate o projeto que estabelece a partilha para produção no pré-sal.

Os manifestantes, que acompanhavam a audiência desde às 13h em silêncio, iniciaram, na hora de deixar o plenário, o seguinte coro: “Não tem jeito não, o monopólio é melhor para a nação”.

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, que participa da audiência, sorriu, mas não se manifestou.