Foto: Arquivo/O Estado

Requião: 48% de preferência.

Uma pesquisa de intenções de votos divulgada ontem no site da campanha à reeleição do governador Roberto Requião aponta que o peemedebista venceria a eleição no primeiro turno. A sondagem, feita pela SL Consultoria e Pesquisa Ltda, indica que Requião tem 48% da preferência do eleitor. Suspensa no domingo passado, atendendo a uma ação judicial do senador Osmar Dias, candidato do PDT ao governo, a pesquisa foi liberada ontem pelo juiz do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) Renato Andrade, que acatou recurso da empresa responsável pelo levantamento.

Conforme as informações exibidas no site da campanha peemedebista, o senador Osmar Dias (PDT) alcança 27% das intenções de votos. O candidato da coligação PPS-PFL, Rubens Bueno, tem 6%; Flávio Arns, 4%; Ana Lúcia Pires, 1%. Os outros candidatos não pontuaram. Brancos e nulos somam 4% e não opinaram 10%. Segundo a coordenação de campanha peemedebista, Requião estaria eleito com 55,81% dos votos válidos, contra 31,40% do segundo colocado e 7% do terceiro.

A coordenação da campanha de Requião está comparando os números da SL com os resultados da pesquisa Ibope, divulgada no dia 23 de agosto pela Rede Paranaense de Comunicação e jornal Gazeta do Povo. Em relação à pesquisa Ibope, Requião subiu cinco pontos percentuais. Ele aparecia com 43 pontos na pesquisa Ibope.

Embargo

Os resultados da pesquisa SL começaram a ser divulgados no domingo passado, mas o senador Osmar Dias obteve liminar a uma ação, onde alegou a existência de irregularidades no processo de organização dos dados. A empresa recorreu e o juiz concluiu que ?não há no documento exibido qualquer espécie de indução ou sugestionamento de resposta?.

Foram realizadas 2.000 entrevistas com os eleitores do Estado do Paraná, com margem de erro de 2,19 pontos percentuais para mais ou para menos e intervalo de confiança estimado de 95% para o total da amostra. As entrevistas foram realizadas no período de 20 a 24 de agosto de 2006.