O prefeito de Curitiba, Cassio Taniguchi (PFL), anunciou hoje apoio à candidatura de Álvaro Dias (PDT) ao governo do Paraná. Segundo nota distribuída pela prefeitura, ele teria sido procurado pelo senador Osmar Dias (PDT), irmão de Álvaro, na semana passada. Em reunião com a bancada de vereadores que lhe dá sustentação, além de representantes da classe empresarial, ele decidiu formalizar o apoio ao candidato do PDT. Taniguchi disse não ter sido procurado por representante de Roberto Requião (PMDB), adversário de Álvaro.

O PL também oficializou hoje o apoio a Requião. Segundo o presidente do partido, Pastor Oliveira, a opção pelo candidato do PMDB foi tomada em reunião da executiva. O deputado federal Chico Noroeste, que vinha defendendo a candidatura de Álvaro Dias, disse que respeitará a posição do PL, inclusive gravando mensagem para a campanha de Requião.

O PMDB já incorporou na campanha do segundo turno o PT, o PPS, o PV e o PL. Ao PDT ganhou o PSB com aliado. O PFL liberou os filiados, enquanto o PSDB ainda não fez reunião para definir a posição no segundo turno.

Nesta sexta-feira, os dois candidatos se reúnem com as coordenações de campanha para discutir as estratégias para o debate que acontece às 22 horas na TV Bandeirantes.

Hoje, eles passaram o dia concedendo entrevistas e gravando mensagens para o horário eleitoral gratuito. À noite, Álvaro deverá participar de comício em Paranaguá, no litoral, enquanto Requião deve fazer campanha em Paranavaí e Cianorte, no noroeste.