O presidente Michel Temer vai reativar o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) ainda em 2016. Para isso, mobilizou o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e a responsável pela secretaria do Conselho, Patricia Audi. Eles já começaram os trabalhos de recomposição do colegiado, e preparam a 45ª reunião plenária para o dia 21 de novembro, no Palácio do Planalto.

“Os convites para os novos conselheiros já foram feitos e a reunião de novembro apresentará um Conselhão mais plural e diversificado”, explica a secretária Patricia Audi. “O grande mote deste evento são medidas para a retomada do crescimento”.

O ex-prefeito de Curitiba e ex-governador do Paraná, Jaime Lerner foi convidado a integrar o conselho. O empresário Joel Malucelli também foi chamado pelo presidente.

Perfis

Afastado da política, o arquiteto Jaime Lerner atualmente dirige a Arquitetos Associados, que desenvolve projetos para os setores público e privado em diversas cidades no Brasil e no exterior e o Instituto Jaime Lerner.

Foi prefeito de Curitiba por três vezes e governador do Paraná por duas vezes. Pelo reconhecimento de sua obra, recebeu diversos prêmios e títulos internacionais: Prêmio Máximo das Nações Unidas para o Meio Ambiente (1990), UNICEF Criança e Paz (1996), o World Technology Award for Transportation (2001), Sir Robert Mathew Prize for the Improvement of Quality of Human Settlements (2002).

joel-malucelli

O empresário Joel Malucelli é fundador do Grupo JMalucelli, que inclui mais de 40 empresas em várias áreas de atuação, como construção, comunicação, energia e sistema financeiro.

Retomada

O encontro será aberto pelo presidente Temer, e a condução dos trabalhos ficará a cargo do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. Na programação, a posse dos integrantes e o debate sobre a retomada do crescimento.

A agenda também prevê intervenção do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

“Neste primeiro encontro, os conselheiros serão convidados a falar sobre suas expectativas em relação ao Conselho”, informa Patricia Audi. “Mas também serão instados a discutir alguns temas a serem trazidos pelos ministros, como déficit público, infraestrutura e ambiente de negócios”, completa.

O que é o conselhão?

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) é um colegiado composto por representantes da sociedade civil. Sua missão consiste no assessoramento direto ao presidente da República. Os conselheiros, oriundos das mais diversas áreas de atuação, constituem um fórum qualificado para discutir políticas públicas e propor medidas que estimulem o desenvolvimento do país.