O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou sete oficiais do Exército por fraude no sistema de pagamentos da instituição. Eles terão de devolver R$ 2.081.311,63, valor atualizado, ao Tesouro Nacional. A fraude envolve a inclusão irregular de 55 pensionistas na folha de pagamentos, por meio de alteração do programa de informática do Centro de Pagamento do Exército (CPEx). Segundo o TCU, há indícios de que os beneficiados sejam parentes dos oficiais envolvidos na fraude.

Os oficiais também foram multados individualmente e inabilitados para exercer cargo em comissão ou função de confiança na administração pública, segundo informações divulgadas no site do TCU. As multas variam de R$ 50 mil a R$ 30 mil, e os militares têm 15 dias para comprovar o recolhimento dos valores ao Tesouro Nacional. A cobrança judicial foi autorizada. Cabe recurso da decisão.