O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou o mandato do prefeito de Bituruna, Remi Ranssolin (PTB). A decisão ocorreu após as contas do período de 2000 a 2004, quando ele comandou a cidade, terem sido reprovadas.

Com isso, quem assume o cargo interinamente será presidente da Câmara de Vereadores de Bituruna, Romilto Casamali. O município, que tem 11.224 eleitores, terá que voltar às urnas e escolher novamente um novo prefeito em data a ser designada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR).

Remi Ranssolin avisou por meio da sua assessoria que vai recorrer da decisão do TSE.