O TSE corrigiu uma informação em nota enviada anteriormente. Em relação às eleições de 2006, o aumento do eleitorado foi de 7,8%. Segue o texto corrigido:

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, divulgou hoje que 135.804.433 eleitores são aptos a votar nas eleições de outubro em todo o País. Esses números mostram que houve crescimento de 7,8% do eleitorado em relação às eleições de 2006. Naquele ano, havia pouco mais de 125 milhões de eleitores.

A contagem divulgada hoje leva em conta a consolidação do cadastro nacional, que considera os títulos emitidos até 5 de maio. As mulheres ainda formam a maioria do eleitorado. Do total de eleitores, 51,8% são do sexo feminino e 48% são homens. As exceções são os Estados de Mato Grosso, Pará, Rondônia e Roraima, que concentram maior número de eleitores masculinos.

O assessor chefe da Corregedoria-Geral Eleitoral, Sérgio Cardoso, observou que o eleitorado nacional mantém uma tendência regular de crescimento de 4%, em média, a cada eleição. Quanto à faixa etária, a maioria do eleitorado é formada por pessoas de 25 a 34 anos.

Cardoso destacou uma redução do número de eleitores jovens. Atualmente, há 2,391 milhões de eleitores na faixa de 16 e 17 anos cadastrados para votar. Em 2008, havia 2,923 milhões de eleitores nessa faixa etária e, em 2006, o número era de 2,566 milhões.

São Paulo continua sendo o maior colégio eleitoral, concentrando 23,3% dos eleitores, seguido de Minas Gerais, com 10,6%, do Rio de Janeiro, com 8,5%, e da Bahia, com 7%.