O senador Romeu Tuma, de 78 anos, continua internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde se recupera da cirurgia para colocação de um dispositivo de assistência ventricular chamado Berlin Heart, realizada no último sábado, 2, segundo boletim do hospital.

Ainda de acordo com o boletim, Tuma está evoluindo de maneira satisfatória à colocação de um coração artificial. Não há previsão de alta. O senador já foi submetido a quatro pontes de safena. Internado para uma bateria de exames em setembro deste ano, foi mantido na unidade em razão de problemas cardiovasculares. As informações médicas foram fornecidas pela equipe que o acompanha, coordenada pelo médico Rogério Tuma.