A TV Globo decidiu não realizar neste ano debates eleitorais em Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza. São Luís ainda é dúvida. Nota divulgada ontem explica que a emissora não conseguiria cumprir a lei eleitoral, que impõe restrições que obrigam emissoras de rádio e TV a chamar para os debates todos os candidatos de partidos com representação na Câmara dos Deputados.

Em Curitiba, a Globo queria promover o debate com seis candidatos, mas não conseguiu acordo para que dois dos oito postulantes à prefeitura abrissem mão da participação.