Eleições

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) irá julgar 26 pedidos de impugnação contra candidatos que pretendem concorrer às eleições deste ano no estado a partir da próxima semana. Os políticos que são alvo dos pedidos têm prazo de sete dias a partir da notificação para se defender no tribunal, onde tramitam esses procedimentos.

Ficha limpa

Só a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) é responsável por 14 propostas de ações de impugnação. Ao todo foram avaliados todos os 1.030 candidatos que requereram registro para o pleito perante a Justiça Eleitoral, de acordo com critérios da Lei da Ficha Limpa.

Critérios

A PRE diz que ainda vai avaliar todos os candidatos, até a homologação dos registros, também sob outros aspectos, como critérios de condições de elegibilidade e descumprimento de formalidade legal, por exemplo.

Renúncias

Oito candidatos desistiram de concorrer às eleições deste ano no Paraná até ontem. Os desistentes da vaga a deputado federal são Edilson Fogaça de Almeida (PMDB) e Jaziel Baioni (PSD). Dos candidatos a deputado estadual, seis renunciaram. Eles são: Aramis Linhares Serpa (PV), Felipe Lucas (PPS), Flavio de Jesus Ceruti (PT), José Augusto Felippe (PSD), Ketleen Zani (PV) e Neudi Mosconi (SD). Os dados são do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR).

Paraná Online no Facebook