O secretário do Planejamento, Ênio Verri, sinalizou que somente assume a presidência estadual do PT no próximo ano e não mais este mês, como foi anunciado.

Vai ficar um pouco mais na equipe do governador Roberto Requião (PMDB). Suplente de Verri na Assembleia Legislativa, o professor José Lemos também ganha um fôlego a mais como deputado estadual.