O líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Carlos Sampaio (SP), criticou nesta noite o veto ao Projeto de Lei de Conversão 4/2015 aprovado pelo Congresso a respeito do fator previdenciário. “Ela quer tirar o protagonismo da Câmara. Somos contrários. Vamos derrubar esse veto”, anunciou.

Em nota divulgada há pouco, o Planalto informou que será editada Medida Provisória que assegura a regra de 85 pontos (idade+tempo de contribuição para mulheres) 95 pontos (idade+tempo de contribuição para homens), fórmula aprovada no Congresso Nacional.