O primeiro vice-presidente do Senado, Tião Viana (PT-AC), acabou de abrir a sessão secreta que vai votar o pedido de cassação do presidente da Casa, Renan Calheiros, que já está dentro do plenário.