A quinta pesquisa Vox Populi sobre as intenções de voto para a prefeitura de Curitiba manteve a mesma vantagem para o prefeito Beto Richa (PSDB), candidato à reeleição.

Com 71% das intenções de voto, o prefeito é novamente apontado com vencedor das eleições já no primeiro turno. A soma da pontuação de seus adversários chega a apenas 18%.

Com o mesmo índice da pesquisa divulgada na última semana, Beto segue com mais de 50 pontos de vantagem para sua principal adversária, Gleisi Hoffmann (PT), que na pesquisa divulgada ontem aparece com 14%, um a menos que no levantamento anterior.

Os demais candidatos também mantiveram praticamente os mesmos índices. Carlos Moreira (PMDB) segue em terceiro, com 2% e Fábio Camargo (PTB) vem logo atrás, com 1%.

Os dois mantiveram os índices da pesquisa anterior. O único a crescer foi Bruno Meirinho (PSOL), que saiu de 0% para 1% das intenções de voto. Ricardo Gomyde (PCdoB), Maurício Furtado (PV) e Lauro Rodrigues (PTdoB), novamente, não pontuaram.

Votos brancos e nulos somam 4% e 8% dos eleitores ainda estão indecisos. O Vox Populi realizou 800 entrevistas entre os dias 23 e 25 de setembro. A pesquisa foi encomendada pelo Jornal do Estado e protocolada na 1.ª Zona Eleitoral de Curitiba sob o número 1940/2008. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais.

A pesquisa também avaliou a rejeição dos candidatos e Gleisi Hoffmann segue liderando, desta vez, com 17%. Treze por cento dos entrevistados não votariam em Fábio Camargo e 10%, em Meirinho.

O prefeito Beto Richa, que já teve a menor rejeição, agora, tem a terceira menor resistência. Com 6%, ele tem rejeição maior que Ricardo Gomyde (2%) e Maurício Furtado (3%). Beto está empatado com Lauro Rodrigues e com um ponto a menos que Carlos Moreira (7%).

O Vox Populi também perguntou que avaliação o eleitor faz da atual gestão de Beto Richa. Noventa por cento dos curitibanos aprovam a administração do prefeito tucano, enquanto 8% desaprovam. Dois por cento não souberam responder.