Pela primeira vez nos últimos 10 anos, o Porto de Paranaguá está embarcando um navio com 82 mil toneladas de soja, o dobro do que carrega uma embarcação de tamanho padrão. O ?Lemnos?, de bandeira do Chipre, com 243 metros de comprimento, iniciou o carregamento nesta segunda-feira (15) e levará a carga recorde para a Holanda. O embarque está acontecendo no Corredor Público de Exportação, onde estão sendo utilizados dois ship loaders (carregador de navios). A previsão é de que o embarque dure até a próxima quarta-feira (18).

Com o embarque do ?Lemnos?, o Porto de Paranaguá supera a média de embarque de soja em grãos em um navio, que é de 40 mil toneladas e o comprimento médio das embarcações graneleiras, que chega a 215 metros. A atracação do super-navio segue o previsto na Ordem de Serviço 020/2004, que dá preferência aos navios de grande porte, atracados no Corredor de Exportação e que tenham volumes de embarques maiores.

Entre janeiro e abril deste ano, os Portos de Paranaguá e Antonina receberam 747 navios, 84 a mais que o verificado no mesmo período do ano passado.

A Holanda, para onde o Lemnos está levando o carregamento, é o segundo destino que mais recebe soja embarcada pelo Porto de Paranaguá (cerca de 20%), perdendo apenas para a China, detentora de mais de 30% do volume total. Junto com a Espanha, a Itália e a Índia, os dois países lideram os maiores mercados consumidores da oleaginosa exportada pelo terminal paranaense.

Segundo um levantamento feito pelo Departamento de Estatística da Appa (Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina), no primeiro trimestre de 2006, a exportação de granéis sólidos continuou sendo o carro-chefe das operações portuárias, equivalendo a 53% dos embarques feitos no porto. Em segundo lugar, estão os produtos do segmento da Carga Geral, com 33% e, em terceiro, os granéis líquidos, com 14%.

Nas importações, o recebimento de granéis sólidos (principalmente fertilizantes) é o destaque, com 57%. A importação de produtos da Carga Geral representa 33% e de granéis líquidos 10%.