O Paraná está realizando hoje, em Maringá, a Festa do Plantio, que comemora a perspectiva de uma colheita de 30 milhões de toneladas de grãos na safra 2004/2005. Participam do evento, além de autoridades do governo e do setor, cerca de 2 mil produtores rurais, representando todas as regiões do Estado.

Este é o segundo ano que o Governo comemora, com festa, o início de mais uma safra. Segundo o secretário da Agricultura, Orlando Pessuti, a festa é uma maneira de lembrar que o Paraná continua sendo o maior produtor de grãos do país. A previsão é de uma colheita, em 2004/2005, de 13 milhões de toneladas de milho e 12,4 milhões de toneladas de soja.

Segundo Pessuti, o Paraná, mesmo produzindo numa área que corresponde a apenas 2% do território nacional, é responsável por 24% de toda a produção de grãos do país – é o primeiro produtor de milho, o primeiro de trigo, de feijão e de aveia e o segundo maior produtor de soja e cevada, e está em quarto lugar na produção de café.

A produção da agricultura paranaense em geral, que inclui grãos e fibras, hortaliças, cana-de-açúcar, mandioca, fumo, entre outras culturas, atingiu 63,8 milhões de toneladas em 2003/2004. Para a próxima safra o Departamento de Economia Rura (Deral) estima que o total da produção chegue a 66,5 milhões de toneladas.