A jornalista gaúcha Elyane do Canto está no Paraná para conhecer as ações que o governo do Estado está adotando para promover a inclusão digital. Ela é uma das autoras de um livro que pretende exibir uma radiografia do acesso das comunidades carentes à internet.

Depois de visitar o secretário especial de Assuntos Estratégicos, Nizan Pereira, e o presidente da Celepar, Marcos Mazoni, hoje, Elyane seguiu para Ortigueira, município com piores índices de desenvolvimento humano (IDH) da região Sul, onde está instalado um dos pontos públicos de acesso à internet, os telecentros.

Elyane do Canto é chefe de reportagem da Rádio Guaíba, de Ponto Alegre, e é responsável por elaborar o texto a respeito da realidade da inclusão digital nos Estados do Rio Grande do Sul e Paraná para uma coletânea sobre o tema. O livro, com dados nacionais, deverá ser lançado até o fim do ano com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)