O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) em Curitiba, divulgado nesta quinta-feira (31) pelo Ipardes, foi de -0,19%. A pesquisa sobre a taxa de inflação vale para famílias que recebem até 40 salários mínimos e foi realizada nos 30 dias que antecederam 23 de agosto.

A maior influência para o resultado foi do grupo Vestuário, com queda de 2,64% em seus preços. O comportamento do grupo representou uma contribuição de 0,18 ponto percentual no índice geral, o que significa que, caso este grupo tivesse se mantido estável, o índice teria sido de -0,01%.

O grupo Saúde e Cuidados Pessoais ficou em segundo lugar em influência com alta de 0,91%.

Os itens que, individualmente, mais contribuíram no índice geral foram: energia elétrica (-5,21%), gasolina (-3,59%), excursão turística (-13,23%), plano de saúde (4,41%) e automóvel de passeio e utilitário usado (1,24%).