A Prefeitura de Curitiba inicia nesta segunda-feira (06) as obras de melhoria do Bosque do Trabalhador, no bairro CIC. Dividido em duas etapas, o trabalho prevê na primeira fase a recuperação da Casa da Guarda e da entrada do parque. Em seguida, será a vez dos equipamentos sociais, como estacionamento, sanitários, play-ground, churrasqueiras, canchas de vôlei e futebol, além de pistas para pedestres.

Ao todo, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente vai investir R$ 150 mil. O diretor do Departamento de Pesquisa e Monitoramento, Marcus Vinícius Senegaglia, explica que a primeira fase das obras deverá ser concluída em meados de março. Para a segunda etapa, haverá licitação agora em fevereiro e a previsão é concluir toda a revitalização do Bosque ainda no primeiro semestre deste ano.

Senegaglia afirma que a prioridade nesta primeira fase é melhorar as condições de uso e, em especial, proporcionar maior segurança aos usuários. Com a conclusão das obras, guardas municipais irão se instalar no Bosque do Trabalhador, evitando assim vandalismos e permitindo que as famílias possam usufruir melhor do espaço.

Homenagem

O Bosque do Trabalhador, criado em 1996 para homenagear os trabalhadores curitibanos, conta com mais de 192 mil metros quadrados de vegetação remanescente e capões de floresta de Araucárias. Entre as árvores que os usuários podem conhecer estão a Aroeira, Canela Sassafrás, Carvalho Brasileiro, Pinheiro, Erva-mate, entre outras. Em seu habitat, também circulam pelo parque alguns animais silvestres como o gambá, cuíca, cachorro do mato e gavião carijó.

O Bosque do Trabalhador está situado na Rua Manoel Waldomiro de Macedo e funciona de segunda à domingo, com atendimento de ônibus da linha Interbairros IV – sentido Pinheirinho-CIC.