O Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos (Nurce) deteve um funcionário público da Prefeitura de Santa Terezinha de Itaipu e apreendeu uma máquina retroescavadeira, que estava sendo usada para fazer obras em um trecho da BR-277, rodovia pedagiada de responsabilidade da concessionária Rodovia das Cataratas. O flagrante aconteceu nesta segunda-feira (21), por volta das 16 horas.

?Se as rodovias foram pedagiadas e o povo paga para usá-las, não dá para admitir que uma prefeitura esteja trabalhando para auxiliar nas obras. O povo está pagando duas vezes, no pedágio e nos impostos. Vamos investigar se esta construção está atendendo aos interesses do povo ou a interesses privados?, afirmou o delegado Sérgio Sirino, coordenador do Nurce no Paraná.

De acordo com o delegado, o flagrante aconteceu no momento em que passava pelo pedágio, na BR-277, quilômetro 711, no sentido Santa Terezinha de Itaipu – Foz do Iguaçu. O funcionário da prefeitura e a máquina foram encontrados trabalhando a 30 metros do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU). ?Quando o funcionário percebeu a presença da polícia, tentou fugir, mas foi alcançado?, relatou o delegado. Segundo ele, o funcionário explicou que fazia o aterramento em uma área de erosão, que poderia afetar a rodovia e que outros funcionários deveriam ajudar na obra. ?Apreendemos até um documento da concessionária exigindo um prazo de entrega da obra para a prefeitura?, relatou Sirino.

Providências

O delegado instaurou o inquérito para investigar o envolvimento da prefeitura com a concessionária. Foi solicitada a presença da perícia, para fazer o levantamento completo do local. Quatro pessoas foram ouvidas, entre elas o operador da máquina, o assessor do prefeito Ângelo Ize e mais dois funcionários da prefeitura. Os responsáveis pela concessionária serão intimados a prestar depoimentos nos próximos dias. O nome do funcionário detido não será revelado até que a polícia finalize as investigações.