Começou na manhã desta terça-feira (08) a recuperação das passarelas de madeira paralelas à ponte que passa sobre o Córrego do Aviário, na rua Manoel Martins de Abreu, no bairro Prado Velho, dentro da Vila das Torres. As passarelas, cada uma com um metro e meio de largura, ficam na rua que dá acesso à creche Vila Pinto e à Unidade de Saúde Capanema e vão dar mais segurança aos moradores.

"No final da tarde, o movimento aqui é grande. Pedestres, inclusive crianças, dividem o espaço com carros e motos. Há o perigo de alguma criança cair ou ser atropelada. É bom ver que a Prefeitura está fazendo a substituição", afirma o administrador Gilson Corsi, que trabalha na PUC e mora junto à Vila das Torres.

A madeira da antiga ponte precisava ser substituída. "Aproveitamos para pedir aos moradores que ajudem a cuidar das passarelas, especialmente do corrimão novo que iremos colocar. É comum instalarmos um corrimão e poucos dias depois eles estarem quebrados por vândalos que chegam a atirar o material no córrego", diz o gerente do Distrito de Galerias da Secretaria de Obras, Donato Ciorcero.

A Diretran orienta os moradores para que ensinem os filhos a andar de forma segura, utilizando a passarela e não a rua. "Esta atitude representa mais segurança no trânsito para os meninos e meninas da Vila das Torres", defende a pedagoga do Núcleo de Educação e Cidadania da Diretran, Maura Moro Barbosa.

Santa Felicidade

Esta semana o Distrito de Galeria concluiu os trabalhos de substituição da ponte que fica na rua Vereador Jobar Cassou, em Santa Felicidade, sobre o Rio Cascatinha, por onde passam veículos e não apenas pedestres. A ponte de oito metros de extensão por cinco metros de largura teve que ser trocada porque houve o desgaste natural da madeira. A nova ponte já está operando normalmente.