A Prefeitura de Curitiba superou as metas traçadas no Plano de 360 dias para o primeiro ano de gestão do prefeito Beto Richa. De acordo com o Instituto Municipal de Administração Pública (Imap), que funciona como secretaria executiva do colegiado do Plano de Governo, além das ações previstas foram realizadas 41 novas iniciativas, o que significa um acréscimo de 25%.

"A superação foi resultado de um trabalho em equipe, sério e com grande envolvimento de todos. A estratégia de adotar planos de metas apresentou excelentes resultados", avalia o prefeito Beto Richa. "É assim que governamos, assumindo compromissos e cumprindo compromissos. Sempre em benefício da cidade e dos cidadãos."

O prefeito destaca ainda a transparência de todo o processo. "O andamento dos planos, tanto o dos primeiros 180 Dias como o de 360 Dias pôde ser acompanhado pela população, via internet, ao longo de todo o período de trabalho."

Richa cita entre as ações não previstas várias medidas que vão melhorar a vida da população, como o decreto que agiliza processos de regularização fundiária. "Com isso, a Prefeitura deverá legalizar 65 áreas, beneficiando 15 mil famílias", lembra.

Outros projetos não incluídos no Plano de 360 Dias foram viabilizados ao longo do ano. É o caso, por exemplo, da licitação dos novos binários nas avenidas Brasília, Santa Bernadethe e Mário Tourinho, da ligação viária entre os terminais Hauer e Capão da Imbuia e do lançamento do programa Caminhos da Cidade, para implantar e recuperar calçadas em todas as regiões de Curitiba.

Na área da Saúde, as ações extras incluíram a licitação para as obras da Unidade 24 Horas do Cajuru e o lançamento da pedra fundamental da 24 Horas da CIC, além da reforma de seis unidades. Na Educação, foram abertas 2.300 novas vagas nos Centros Municipais de Educação Infantil e reformados 16 Cmeis.