O presidente da Câmara, Severino Cavalcanti, rebateu há pouco as declarações do deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) que ontem, em depoimento à CPI do Mensalão, reclamou da falta de empenho dos presidentes da Câmara e do Senado em defender o Legislativo, diante da crise política. "Não entendo essa palavra frouxidão. Não está na minha linguagem", afirmou Severino.

"Eu enfrento quem for para defender a dignidade do parlamento", assegurou. Ao comentar os dois pedidos de impeachment contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, protocolados ontem por dois advogados, Severino afirmou que os pedidos estão sendo analisados. "Isso não é brincadeira", comentou.