Uma pesquisa do Ministério da Saúde divulgada na última sexta-feira (2) mostrou que mais de três mil vidas foram poupadas com a redução do uso de armas de fogo em 2004. Em seu programa de rádio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje (5) que ficou feliz com o resultado, "porque significa que na consciência do povo brasileiro existe uma palavra mágica chamada paz".

Lula destacou que na época em que o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, apresentou a Campanha do Desarmamento, a previsão era de que fossem arrecadadas 80 mil armas no período de um ano. A pesquisa demonstrou que o sucesso da campanha foi ainda maior, já que de julho de 2004 a agosto de 2005 foram arrecadadas 443 mil armas em todo o país.

"Quando as pessoas resolveram entregar a sua arma por um pedido do Ministério da Justiça, por um pedido do governo, foi uma coisa extremamente importante e uma coisa saudável, porque significa que o cidadão que tinha uma arma em casa imaginando que com aquela arma poderia se salvar, começou a compreender que aquela arma em casa poderia ser um perigo para ele", destacou Lula no programa Café com o Presidente.

O presidente disse também que para tirar as armas dos bandidos é necessário aumentar a repressão policial, além de ter uma polícia mais ágil e inteligente.