Fernando Francisco Avelaneda dos Reis, 27 anos, disse que não tinha intenção de roubar, nem de matar a golpes de barra de ferro o aposentado Luiz Ferreira Mello, 85 anos, no dia 3 de dezembro, em Almirante Tamandaré. O fato é que ele foi preso na tarde desta sexta-feira (21) suspeito do crime, um latrocínio (roubo com morte), do qual teria participado também um amigo dele, Willian dos Santos Falcão, que está foragido.

O delegado Tito Barichello, de Almirante Tamandaré, conta que o crime ocorreu provavelmente na noite do dia 3 de dezembro na casa do aposentado, na cidade. Porém o corpo só foi localizado dois dias depois dentro da casa, com vários sinais de tortura e pancadas de um objeto contundente (barra de ferro, provavelmente). A crueldade contra um homem de 85 anos, que já tinha as suas limitações por causa da idade, chocaram os moradores locais.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Conforme policiais que investigaram o crime, a esposa do aposentado tinha falecido há pouco tempo e ele morava sozinho. Luiz tratava de um câncer e também estava surdo. Quando usava o aparelho, escutava pouco, mas à noite, em casa, deixava o aparelho de lado. Fernando e Willian eram conhecidos da vítima e já tinham estado na casa de Luiz algumas vezes.

De alguma forma souberam que Luiz receberia a aposentadoria naquele dia e, à noite, entraram na casa dele. Acredita-se que os homens perguntaram sobre onde estava o dinheiro. Mas como Luiz não escutava, não respondeu e foi agredido. No entanto, depois da agressão, supõe-se que os suspeitos encontraram o dinheiro pois ele não foi localizado pela polícia ou parentes. Ou então, a vítima pode ter sido morta para não denunciar os ladrões.

Prisão

Depois de encontrar o corpo dentro da casa, a polícia passou a investigar. William e Fernando foram vistos entrando na residência na noite do crime e teriam sido as últimas pessoas a entrar lá, conforme testemunhas.

A população ajudou com denúncias e a polícia conseguiu junto à Justiça mandados de prisão temporária contra ambos. Com ajuda da Polícia Militar, os investigadores prenderam Fernando no município vizinho de Campo Magro, na tarde desta sexta-feira.

Willian está foragido e quem tiver informações sobre o paradeiro do suspeito pode entrar em contato com a delegacia de Almirante Tamandaré. Foto: Divulgação/Polícia Civil.
Willian está foragido e quem tiver informações sobre o paradeiro do suspeito pode entrar em contato com a delegacia de Almirante Tamandaré. Foto: Divulgação/Polícia Civil.

À polícia, Fernando confirmou que chegou a entrar na casa naquela noite, mas que não tinha a intenção de roubar, muito menos de matar o idoso. Jogou a culpa em Willian, dizendo que foi o amigo quem fez tudo. Willian não foi localizado e segue foragido. Quem tiver informações do paradeiro dele, que informe a delegacia de Almirante Tamandaré pelo telefone 3874-5100.