Orlando Kissner / GPP
Orlando Kissner / GPP

O grupo "transporte e comunicação"
foi o que apresentou maior influência,
com alta de preços de 0,73%.

O Ipardes (Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social) divulgou nesta sexta-feira (23) a terceira prévia do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) para famílias que recebem até 40 salários mínimos em Curitiba. A pesquisa mostra que o índice dos últimos 30 dias (terminados em 23 de dezembro) foi de 0,37% e é inferior ao apurado na semana anterior, que havia sido de 0,47%.

O grupo ?transporte e comunicação? foi o que apresentou maior influência, com alta de preços de 0,73%, o que representou uma contribuição em pontos percentuais de 0,18 no índice geral, ou seja, caso este grupo tivesse se mantido estável, o índice da 3ª quadrissemana teria uma inflação de 0,19%.

Já o grupo ?saúde e cuidados pessoais? apresentou queda de preços de 1,06%. Individualmente, os itens que mais contribuíram para o índice geral, pela ordem da maior para menor contribuição, foram: conserto de veículos (7,13%), batata-inglesa (38,16%), remédios (-2,43%), automóvel e utilitário usado (1,23%), condomínio (2,45%) e serviço de empregada doméstica (2,34%).