O Ministério da Previdência vai adotar medidas que devem reduzir as filas nos postos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) até abril de 2006. A garantia foi dada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ele destacou que quase 50% das pessoas que procuram a Previdência Social buscam informações. Para evitar que fiquem nas filas, o governo vai disponibilizar mais canais de informação e a aumentar a carga horária de trabalho dos funcionários.

"Não tem nada mais insano neste país do que um cidadão levantar à meia-noite para entrar numa fila", afirmou. Para o presidente, as filas podem acabar realizando "pouca coisa".