A primeira prévia do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) de setembro, que ficou em -0,56%, foi a taxa mais baixa da história das primeiras prévias desse indicador. A informação é baseada em tabela com a série histórica completa da primeira prévia do IGP-M, disponível no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV) que disponibiliza séries dos indicadores calculados pela instituição (www.fgvdados.com.br). O IGP-M começou a ser anunciado pela FGV a partir de 1989.

De acordo com outra tabela fornecida pela FGV em divulgações anteriores da primeira prévia, é possível observar que o Índice de Preços por Atacado (IPA), que na primeira prévia de setembro teve queda de 0,73%, foi o IPA mais baixo, no âmbito das primeiras prévias, desde junho deste ano, quando o IPA caiu 0,79%. Por sua vez, a primeira prévia do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de setembro, que teve queda de 0,30%, foi a taxa mais baixa desde julho de 2003, quando o IPC caiu 0,37%.

Já o Índice Nacional do Custo da Construção (INCC), que teve queda de 0,04% na primeira prévia de setembro, foi o mais baixo resultado nesse tipo de indicador desde a primeira prévia de agosto desse ano, quando o INCC caiu 0,05%.