Por unanimidade de votos, a 1ª Câmara Cível negou provimento ao agravo interposto pelo do Clube Atlético Paranaense e manteve decisão que fixou o valor de R$ 15 aos ingressos para a arquibancada nos jogos do Campeonato Brasileiro de 2004, sob pena de multa diária de R$ 10 mil.

Ao negar o pedido do Clube, que alegava a ?aceleração do processo de descapitalização?, o relator, desembargador Waldomiro Namur, analisou os preços praticados por diversos clubes brasileiros e confrontou as receitas dos jogos antes e depois da liminar concedida ao Procon: em 24 de abril, ingressos a R$30, 2.441 pessoas – renda de R$34 mil. Após a liminar de 29 de abril, ingressos a R$15, média de 12.348 pessoas nos 12 jogos subseqüentes ? renda média de R$ 155.660 mil.