Rio ? A produção industrial brasileira cresceu pelo sexto ano consecutivo, segundo a Pesquisa Industrial Mensal divulgada hoje (07) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Mesmo com o bom resultado, o crescimento de 2005 (3,1%) foi menor que o do ano anterior (8,3%).

A desaceleração no ritmo de crescimento atingiu todos os setores d a indústria e, segundo análise do IBGE, foi motivada pela taxa de juros elevada no país. "Não podemos esquecer que houve toda uma ação do governo para o controle da inflação, o que provocou uma redução do ritmo de atividade. A indústria só demonstrou sinais de recuperação no último trimestre, o que deu uma perspectiva melhor para 2006", avaliou Sílvio Salles, chefe da Coordenação de Indústria do IBGE.

Para o economista ainda é cedo para afirmar que o setor vai recuperar os níveis de produção de 2004, pois "é preciso esperar os resultados de janeiro para saber se o desempenho de dezembro foi pontual ou se vai se confirmar nas estatísticas de vendas do comércio".