O Governo do Paraná implantou nesta quinta-feira (27) o programa Bombeiro Comunitário nas cidades de Tibagi e Piraí do Sul, na região dos Campos Gerais. Para marcar o início do programa nestas cidades, o chefe da Casa Civil, Rafael Iatauro e o secretário da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari, entregaram para os municípios dois caminhões de combate a incêndio com equipamentos.

Cada cidade conta com 12 agentes de defesa civil que foram especialmente treinados para trabalhar no programa Bombeiro Comunitário. Com essas entregas já são 27 as cidades atendidas pelo programa, que deve alcançar 50 municípios até o fim do ano.

Iatauro parabenizou os novos bombeiros comunitários. ?São verdadeiros heróis que vão dar tranqüilidade para a população tanto na prevenção de acidentes e sinistros, como na ação?, disse, durante as entregas nos dois municípios. No Programa Bombeiro Comunitário, os agentes, após treinamento, têm condições de dar o primeiro atendimento às ocorrências, além de trabalhar na prevenção a acidentes. Sempre que exista a necessidade do reforço dos bombeiros profissionais eles são chamados para auxiliar no atendimento.

?A ampliação da atuação do Corpo de Bombeiros é mais um exemplo de como o governo tem investido em Segurança Pública. Em três anos e meio estamos dobrando o número de estruturas do corpo de bombeiros no estado?, afirmou o secretário da Segurança. ?É um trabalho que tem como objetivo principal salvar vidas humanas e integrar a comunidade com o estado?, completou Delazari.

Tibagi

No município de Tibagi, a entrega foi realizada no inicio da manhã desta quinta-feira (27) na Praça Central da cidade. Também participaram da entrega o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Almir Porcides Júnior e outras autoridades. Segundo informações do subtenente Marcos Aurélio Pereira, gestor do programa na cidade, os 12 agentes que vão trabalhar no programa foram treinados durante seis meses para exercerem as novas funções. ?Eles passaram por um treinamento pesado e agora estão aptos para o trabalho?, informou o gestor.

O trabalho dos agentes vai começar com um mapeamento das áreas de risco na região. ?A prevenção é de extrema importância, por isso vamos iniciar priorizando esse mapeamento?, enfatizou Pereira.

O prefeito Sinval Ferreira Silva destacou a parceria entre município e estado. ?A prefeitura, sabendo da importância desse programa, conseguiu buscou dentro de seu quadro os 12 funcionários para treinamento?, comentou.

Piraí do Sul

Em Piraí do Sul, a entrega foi feita, no fim da manhã, em frente à prefeitura. O prefeito Valentim Zanello Milléo elogiou o trabalho realizado em parceria com o governo. De acordo com o secretário de administração do município, Marcus Vinicius Cioffi, o programa vai atender cerca de 25 mil habitantes da região. ?É um programa que temos certeza vai atender os anseios da população. Temos muitas madeireiras e dezenas de grandes empresas que apresentam riscos constantes de incêndio. Por isso, a presença do Bombeiro Comunitário aqui é de extrema importância?, explicou Cioffi.

Ainda de acordo com o secretário, antes da implantação do programa, em casos de incêndio, os moradores da cidade tinham que esperar pelo socorro que vinha do município de Castro que fica há 30 quilômetros de Piraí do Sul. ?O problema é que o fogo não espera e o tempo, em média, de chegada dos bombeiros até a nossa região era de aproximadamente 30 minutos. Os prejuízos sempre eram imensos?, completou Cioffi.

O serviço do Bombeiro Comunitário poderá ser acionado, nas cidades, através do telefone 193 (do Corpo de Bombeiros) ou 199 (da Defesa Civil). A qualidade do serviço oferecido será controlada pelo Corpo de Bombeiros, que realizará treinamento periódico com os agentes. Além do trabalho preventivo e de atendimento a sinistros, os agentes do Programa Bombeiro Comunitário terão a missão de estruturar o sistema de Defesa Civil em cada um dos municípios que passam a ser atendidos, o que resultará na realização de levantamentos de riscos em regiões vulneráveis para prevenção de possíveis catástrofes.