O BNDES anunciou hoje a concessão do primeiro financiamento do novo Programa para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços Correlatos (Prosoft), lançado no dia 1 deste mês.

Serão liberados pelo Banco R$1,2 milhão para a empresa Powerlogic Consultoria e Sistemas, sediada no município de Nova Lima (MG). Com o financiamento, a companhia deverá desenvolver nova linha de produtos para o mercado de portais corporativos, além da criação de redes de canais de venda, apoio e divulgação.

O projeto tem valor total de R$ 2,1 milhão e prazo de implantação de 24 meses, prevendo a criação de 35 empregos diretos. O apoio do BNDES corresponde a 57% do investimento total do projeto.

Criado em 1997 para apoiar os investimentos efetuados por empresas nacionais de software, o Prosoft foi totalmente reformulado: foram incluídas “regras diferenciadas que vão permitir a criação de condições favoráveis à comercialização e exportação do software nacional, importantes meios para a consolidação das empresas do setor?, informa nota da diretoria do BNDES.

A previsão de investimentos do Prosoft este ano é de R$100 milhões. Este valor poderá ser superado conforme demanda. O programa tem três modalidades de fomento ao setor de informática: Prosoft-Empresa, Prosoft-Comercialização e Prosoft-Exportação.