Profissionais de todo o país puderam conhecer na tarde desta quinta-feira (11) o modelo de saúde bucal implantado nas unidades de Curitiba vinculadas ao Programa Saúde da Família (PSF). A experiência foi apresentada no 8º Congresso Internacional de Odontologia do Paraná (Ciopar), que acontece no Embratel Convention Center, pela odontóloga Lise Villani Souza, coordenadora do Programa Saúde Bucal da cidade.

Em Curitiba, as 44 unidades municipais de saúde que funcionam nos moldes do PSF mantêm equipes de saúde bucal. Ao todo, são 110 equipes, que atendem a 26% da população. A meta é dobrar o número de equipes para 220, até 2008, ampliando a cobertura de atendimento. A coordenadora Lise Souza apresentou também as propostas e resultados do Programa Saúde Bucal, implantado em 98 das 108 unidades de saúde.

Além das 98 clínicas odontológicas, o programa funciona com uma unidade especializada, o Centro Especializado de Odontologia (CEO), e outra própria para pacientes portadores de deficiências, a US Amigo Especial. "O desafio é apresentar resolutividade e ampliar o acesso aos serviços de saúde bucal", afirmou Lise. "Para isso, dispomos de uma série de estratégias, como o prontuário eletrônico, as capacitações e os treinamentos", disse.

Lise lembrou que uma das maiores preocupações é atingir o adulto, "porque lá na ponta os resultados são satisfatórios". O CPOD – índice de dentes cariados, partidos, obturados -, aos 12 anos é de 1,27 em Curitiba. A Organização Mundial da Saúde (OMS) preconizava um índice de 3,0 para o ano 2000. "Estudamos agora estratégias para ampliar o acesso aos serviços da faixa acima dos 19 anos, como o atendimento em horários alternativos, fora do expediente", disse.

O Saúde Bucal de Curitiba mantém clínicas odontológicas em 98, das 108 unidades de saúde. São 503 dentistas, 175 técnicos em higiene bucal e 520 auxiliares de consultórios. Em 2004, foram realizados 1,78 milhão de procedimentos básicos em odontologia, sendo 434,7 mil na faixa até 14 anos. Além disso, o programa desenvolve ações educativas de promoção de saúde, com o Ônibus Cárie Zero.

Congresso

O 8º Ciopar conta com a participação de 115 dentistas da Prefeitura de Curitiba. Estão previstos durante o Congresso, que vai até sábado (13), 44 cursos, palestras e trabalhos científicos, com conferencistas de sete Estados do Brasil, além de convidados internacionais. "É a oportunidade para os profissionais da odontologia do município se atualizarem, tendo acesso à novas tecnologias", disse a coordenadora do Programa Saúde Bucal.