Desde 2002 já foram mais de 5 mil os visitantes. Alunos e professores de escola públicas que ficaram conhecendo as diferentes funções do solo e as formas de preservá-lo. Um dos projetos de extensão da Universidade Federal do Paraná, o Projeto Solo na Escola vem apresentando resultados tão bons que está sendo "importado" por outras instituições de ensino. É o caso da ESALQ – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da USP, que acaba de inaugurar um espaço baseado no centro de visitação da UFPR. 

"Só neste ano, já participamos de seis congressos por conta do projeto", conta Valmiqui Costa Lima, coordenador do Projeto Solo na Escola da UFPR. "Também temos recebido visitas de professores de todo o País e do exterior, para os quais damos toda a sustentação para que o projeto possa justamente ser replicado. A ESALQ veio várias vezes aqui e no último dia 21 fomos até lá para inaugurar o projeto deles. O Projeto Solo da Escola da ESALQ. Com a parceria, tudo o que for criado por lá será transferido para cá e vice-versa."

O projeto da UFPR organiza visitas orientadas e diárias de escolares ao Departamento de Solos no campus do Juvevê. O trajeto dura cerca de 1h30min. Nele, os alunos e professores dos ensinos fundamental e médio conhecem coisas como o perfil do solo – as diversas camadas, os diferentes tipos de solos e suas utilizações, além de fazer o que mais gostam: experimentar.

"A idéia é a da interatividade", explica Costa Lima. "As crianças são incentivadas a perguntar e a encontrar conosco as respostas. Por que o solo está úmido? O que aquela raiz faz ali?Por que um solo é diferente do outro? O que é a erosão? Tudo através de experiências científicas e que podem ser facilmente reproduzidas, depois, na escola ou mesmo em casa."

O Projeto Solo na Escola da UFPR também é responsável pela produção de materiais didáticos e cursos de extensão para professores. "Até agora devemos ter atendido quase 600 professores de Curitiba e Região Metropolitana", comenta o coordenador. "Além disso, estamos produzindo cartazes, pôsteres, livros e um manual de experiências com o solo para serem reproduzidas no ensino e na pesquisa."

Quem passa pela visita no Departamento de Solos recebe um certificado de "Amigo do Solo" e preenche uma pesquisa de satisfação. As visitas podem ser agendadas de terça a sexta-feira em horários pela manhã e à tarde. O telefone de contato é o (41) 3350-5649. O Departamento de Solos e Engenharia Agrícola da UFPR fica na Rua dos Funcionários, 1540, no Juvevê. O site com todas as informações é o www.escola.agrarias.ufpr.br.