Um projeto apresentado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior ao Ministério da Ciência e Tecnologia/FINEP está entre os 10 selecionados no país na última chamada pública que trata de ações relacionadas ao planejamento estratégico em C,T & Inovação e que foi divulgada nesta semana.

A ?Rede Integrada de Biotecnologia aplicada ao Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar no Contexto do Agro-negócio Paranaense? (Biogropar) receberá do Governo Federal R$ 2,5 milhões, mais uma contrapartida de R$ 1,2 milhão do Fundo Paraná, gerido pela Secretaria, em 2005 e 2006, conforme anunciou nesta sexta-feira (09) o secretário da pasta Aldair Rizzi.

Segundo o secretário, as instituições executoras desse projeto serão a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e as cinco universidades estaduais ? de Londrina (UEL), de Maringá (UEM), de Ponta Grossa (UEPG), do Centro-Oeste (Unicentro) e do Oeste (Unioeste).

Cada uma delas receberá entre R$ 400 a R$ 700 mil, em 2005 e 2006. ?O significado desse projeto é bastante amplo: geração de conhecimento na área da biotecnologia voltada para a agricultura familiar, transferência desse esse conhecimento à sociedade e ainda a obtenção de certificação dos produtos que vierem a ser gerados?, explicou Rizzi.