Os projetos que pretendem redefinir o funcionamento das Comissões Parlamentares de
Inquérito ganharam destaque depois das denúncias em torno da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Banestado. O membros desta CPI são acusados de revelar dados confidenciais apurados durante as investigações da Comissão.

A CPMI do Banestado foi criada para investigar a evasão de divisas para o exterior via contas CC-5. Na semana passada, denúncias publicadas no jornal ?O Estado de São Paulo? acusam membros da CPI pelo suposto vazamento de informações entregues pelo MTB Bank, de Nova York, ao Ministério Público brasileiro e aos integrantes da Comissão. Com o vazamento, foram divulgadas informações de um CD-Rom com 534 mil operações financeiras, em 44 contas bancárias, que movimentaram U$17 bilhões entre 1997 e 2003.