Mais de 1.500 proprietários rurais do Sudoeste do Paraná e do Oeste de Santa Catarina fizeram um ato público em Palmas, a 360 km de Curitiba, hoje, em protesto contra as ocupações de terra. A manifestação começou no Centro de Tradições Gaúchas (CTG) do município e seguiu em carreata até ao centro da cidade, onde atraiu mais de 2 mil pessoas.

À frente da carreata foi uma tropa de cerca de quarenta cavaleiros, seguida de cinqüenta tratores, dezenove colheitadeiras, 35 ônibus, 35 caminhões e pelo menos duzentos carros. Ainda antes da carreata, no CTG, os produtores rurais fizeram assembléia e aprovaram a Carta de Palmas, que será enviada às autoridades dos três poderes da República.

Segundo a Federação da Agricultura do Estado do Paraná, há no Estado 76 imóveis rurais à espera de reintegração de posse pelo governo; a maioria foi ocupada neste ano e já têm ordem judicial para desocupação.