O líder do PT na Câmara Municipal de Curitiba, vereador Adenival Gomes, está questionando a legalidade da prestação de contas da Prefeitura de Curitiba referente ao exercício de 1999. Um dos principais pontos contestados é com relação às contas da Urbs, que segundo o vereador não constam do relatório enviado ao poder Legislativo. ?A exigência de análise pelos vereadores das contas do Fundo Municipal de Urbanização e da Urbs é clara na legislação em vigor?, afirmou. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)