O diretório estadual do PT de São Paulo distribuiu neste domingo (17), uma nota em que nega envolvimento na suposta tentativa de venda de um dossiê que ligaria o candidato do PSDB ao governo paulista, José Serra, com a máfia das ambulâncias. Leia a íntegra da nota

"Nota à Imprensa

"O PT Estadual rejeita a produção ilegal de documentos, nunca usou e não se utilizará de dossiês forjados para prejudicar candidatos adversários. Estranhamos a veiculação de notícias de que poderia haver participação da direção do PT-SP no episódio

Garantimos que nenhum membro da executiva ou do diretório do Partido no Estado de São Paulo tenha envolvimento com o dinheiro apreendido pela Polícia Federal. Repudiamos especulações ou ilações a este respeito

Esperamos, também, que o material apreendido seja investigado com todo rigor pelos órgãos competentes. Lamentamos que manobras desviem o foco das investigações do esquema das sanguessugas.

Paulo Frateschi Presidente Estadual do PT-SP

Domingo, 17 de setembro de 2006"