A adolescente Priscila Aprígio, de 13 anos, baleada num tiroteio ocorrido durante assalto à agência bancária na Avenida Ibirapuera, na capital paulista, permanece com quadro de saúde inalterado, segundo boletim divulgado hoje pelo Hospital Alvorada, onde a vítima permanece internada.

Ontem, a menina foi informada que ficará paraplégica em conseqüência do tiro que recebeu, na última quarta-feira, enquanto estava se dirigindo ao ponto de ônibus localizado em frente ao banco onde ocorreu o assalto.