Aterrissou às 6 horas de hoje (27) em solo pernambucano o quarto avião da Força Aérea Brasileira (FAB), trazendo a bordo um grupo de 150 passageiros retirados do Líbano. A aeronave saiu ontem à noite de Adana, na Turquia em um esquema montado pelo Itamaraty. Desta vez o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, que está na Turquia, acompanhou o embarque.

Dez pessoas de três famílias desembarcaram no Aeroporto Internacional dos Guararapes. Ninguém ia ficar em Recife. Dois grupos já estavam com passagens em vôos comerciais para Belém, no Pará, e o outro ia para Salvador, na Bahia. O restante dos passageiros seguiu para São Paulo.

A passageira Lívia Tayier, casada com libanês que trabalha no setor bancário e que naquele país há 10 anos, chegou acompanha pelos filhos Mark e Nathalie, de sete e seis anos. Segundo ela, se não fosse o apoio que recebeu da embaixada do Brasil em Beirute não teria conseguido sair do Oriente Médio.

Lívia Tayier disse que difícil é entrar na lista de espera, já que a prioridade é para as pessoas que estavam de férias, fazendo turismo ou que moram na região sul libanesa, onde os bombardeios têm sido mais intensos. "Fomos muito bem acolhidos. O pessoal do Itamaraty montou um escritório na Turquia exclusivamente para nos receber, estamos agradecidos e aliviados", relatou. Tayier, que tem familiares em Salvador, disse que vai esperar a situação se acalmar para voltar a Beirute.