Faltando uma semana para acabar o prazo, quase metade dos contribuintes que deverão entregar as declarações do Imposto de Renda neste ano ainda não encaminhou o documento à Receita Federal. O prazo termina na próxima sexta-feira, dia 29 de abril, e até as 16 horas de hoje (22) haviam sido entregues 10,8 milhões declarações, segundo balanço divulgado pela Receita. A estimativa é que o número de declarantes chegue a 20 milhões de pessoas em 2005.

O comportamento dos contribuintes neste ano, contudo, está melhor do que em 2004. O número de declarações entregues até hoje (22) foi 9% maior do que no mesmo período do ano passado. No total, em 2004 o Leão recebeu 18,8 milhões de declarações dentro do prazo.

Pela legislação do Imposto de Renda, quem não cumprir o prazo terá que pagar uma multa de no mínimo R$ 165,74 e, no máximo, de 20% do valor do imposto devido. Todas as pessoas que tiveram rendimentos tributáveis superiores a R$ 12.696 no ano passado devem apresentar o documento.

Segundo o balanço divulgado pela Receita, a última terça-feira foi o dia com maior movimento desde a abertura do prazo, no dia 1º de março. Mais de 485 mil contribuintes enviaram suas declarações naquele dia. O Fisco tem recebido cerca de 50 mil documentos por hora. Mais de 90% das declarações de Renda são entregues pela internet.

O supervisor nacional do Imposto de Renda da Receita Federal, Joaquim Adir, alerta que quem deixar para os últimos dias corre o risco de ter dificuldades para enviar a declaração, embora o sistema tenha capacidade para receber cerca de 3 milhões de documentos por dia. "Um grande volume de dados transmitido ao mesmo tempo pela internet pode sobrecarregar o sistema de telefonia, tornando mais lento o processo de envio da declaração", avisa Adir.

Além de enviar a declaração pela internet no endereço www.receita.fazenda.gov.br, os contribuintes tem a opção de gravá-la em disquete e entregá-lo nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal. Podem também fazer a declaração pelo telefone 0300 78 0300, ou usar o formulário em papel, que pode ser entregue apenas nas agências dos Correios.