Brasília – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu, até às 15 horas desta segunda-feira (30), a prestação de contas relativas ao ano de 2006 de 13 dos 28
partidos políticos brasileiros. O prazo de entrega termina às 19 horas desta segunda-feira.

Três partidos apresentaram suas contas hoje: Partido da República (PR); Partido Social Demcorata Cristão (PSDC); e Partido da Mobilização Nacional (PMN). As legendas que não entregarem a contabilidade relativa a 2006 podem ficar sem receber os recursos do fundo partidário, que neste ano somam mais de R$ 126 milhões.

Na última sexta-feira (27), dez partidos apresentaram as contas: Partido da Social Demcoracia Brasileira (PSDB); Democratas (DEM); Partido da Mobilização Democrática Brasileira (PMDB); Partido Progressista (PP); Partido Popular Socialista (PPS); Partido Democrático Trabalhista (PDT); Partido Comunista do Brasil (PCdoB); Partido Verde (PV); Partido Social Cristão (PSC); e Partido Humanista da Solidariedade (PHS).

O relatório deve conter a relação dos valores recebidos do fundo partidário e a discriminação dos gastos desses recursos. Os partidos também devem indicar a origem e o valor de contribuições e doações e a relação detalhada das receitas e despesas da legenda em 2006.

No balancete deve estar especificado, ainda, os gastos de caráter eleitoral, com a indicação e comprovação das despesas com programas no rádio e na televisão, comitês, propaganda, publicações, comícios e demais atividades de campanha.