A Câmara de Vereadores de Quatro Barras deu mais um bom e importante exemplo na transparência com a coisa pública. Desde o começo deste mês, os estudantes das redes públicas e privadas do município estão recebendo nas salas de aula uma cartilha que explica, didaticamente, a aplicaão da lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

De acordo com o presidente da Câmara, Ângelo ?Lara? Andreatta, a cartilha que está sendo distribuída mostra, pelo exemplo e conhecimento, que o jeito de administrar uma instituião pública mudou. Para ele, as crianças e adolescentes estão aprendendo desde cedo que é possível o município ter finanças e serviços públicos eficientes. 

?A LRF foi desenvolvida a partir do jeito da mulher administrar tanto o lar quanto as empresas. A regra é simples. Só se gasta aquilo que se tem. É a sensibilidade feminina na administraão?, explica Andreatta. 

A iniciativa dos vereadores de Quatro Barras foi bem recebida entre alunos, professores, profissionais liberais e moradores do município. Segundo a diretora pedagógica do Colégio Graciosa, Vanelli Cristina Lopes Purin de Sousa, ?o material foi distribuído para os alunos e está sendo usado nas aulas, trazendo enriquecimento ao trabalho de formaão de cidadãos conscientes de seus direitos e deveres, com uma visão crítica da realidade e conscientes de suas responsabilidades?, testemunhou.

Ainda como parte do programa que visa aproximar a comunidade com o legislativo municipal, as escolas são estimuladas a agendar visitas dos alunos às dependências da Câmara. ?São aulas práticas de cidadania. Vamos estimular ainda mais a participaão da comunidade para exerça seu papel de cidadania plena. Queremos bons governantes no futuro com responsabilidade administrativa?, prega o presidente da Câmara de Quatro Barras.

Na cartilha são destacadas como importantes palavras de ordem: participarão, transparência, envolvimento e planejamento. ?Quem planeja tem um futuro melhor?, ensina o vereador Ângelo ?Lara? Andreatta, que vem recebendo muitos elogios pela iniciativa.