Os consumidores de energia elétrica em todo País deverão ter um aumento menor que o estimado no início do ano. Hoje (19), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou uma redução de 2,15% nas tarifas de eletricidade, cujo porcentual será deduzido dos reajustes anuais autorizados a partir de agora. Esse recuo é decorrente da revisão da Conta de Consumo de Combustível (CCC) – um fundo criado para cobrir os custos de acionamento de usinas térmicas movidas a óleo diesel e carvão, em condições desfavoráveis do sistema.

Com a melhora nas condições hidrológicas do País, o montante da conta foi reduzida de R$ 2,779 bilhões para R$ 2,053 bilhões, um decréscimo de 26,63%, o que permitiu o recuo da tarifa ao consumidor final. Para as distribuidoras que tiveram reajustes entre 1.º de janeiro e 18 de junho deste ano e já repassaram o valor antigo da CCC para as tarifas, a diferença será deduzida em 2003, nos próximos reajustes tarifários, com atualização pela taxa Selic.