O Plano Real completou esta semana – quase esquecido – nove anos, tendo como principais inimigos da moeda os reajustes dos aluguéis e das contas de telefone fixo. Segundo dados do IPC (Índice de Preços ao Consumidor) da Fipe, a inflação acumulada na cidade de São Paulo neste período chegou a 132%. Os preços que mais subiram foram o dos aluguéis (540%) e da conta de telefone fixo (512%).
As tarifas de telefonia tiveram no período uma alta bem superior as da energia (190%) e da água e esgoto (171%). A maior queda de preço também foi registrada no setor: as linhas telefônicas ficaram 98% mais baratas. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)