O Real Madrid confirmou nesta quinta-feira (27) a contratação do atacante holandês Ruud Van Nistelrooy, 30, junto ao inglês Manchester United. O jogador fechou acordo com os espanhóis por três temporadas. Apesar das duas equipes não confirmarem o valor da negociação, a imprensa européia afirma que os madrilenos pagaram 15 milhões de euros (aproximadamente R$ 43 milhões) pelos direitos federativos do atleta.

Nistelrooy, que teve uma participação apagada na seleção holandesa na disputa da Copa do Mundo da Alemanha, vai fazer exames médicos para ser apresentado oficialmente ainda hoje, no Estádio Santiago Bernabéu, segundo divulgou o Real em seu site oficial.

Ontem, a rádio espanhola "Cadena Ser" já dava como certa a transferência. Os dois clubes, no entanto, não confirmavam a ida de Nistelrooy para Espanha. O avante também era pretendido pelo alemão Bayern de Munique.

Ruud Van Nistelrooy defendeu o Manchester United por cinco temporadas. A equipe britânica contratou o jogador em 2001 junto ao PSV Eindhoven pelo valor de US$ 34,7 milhões. Antes, o atacante já havia defendido o Heerenveen e o Den Bosch, ambos da Holanda.

Com a chegada de Nistelrooy, o atacante brasileiro Ronaldo pode deixar o clube após quatro anos na Espanha. Isso porque o camisa 9 é pretendido pela Inter de Milão e pelo norte-americano New York/Red Bull. Somado a isso, o maior artilheiro da história dos Mundiais também não teria mais clima de seguir no Real. Na temporada passada, ele foi criticado por alguns dirigentes e vaiado pela torcida por causa do seu fraco desempenho.

Para a disputa da temporada 2006/07 do futebol europeu, o Real Madrid já havia acertado as contratações do zagueiro italiano Fabio Cannavaro e do volante brasileiro Emerson, que trabalharam com o novo treinador Fabio Capello na Juventus, equipe rebaixada à Série B do Italiano devido ao envolvimento no escândalo de manipulação de resultados.