A Inspetoria da Receita Federal no Rio de Janeiro destruirá na tarde de hoje 100 mil pulseiras falsas de relógios das marcas Orient, Citizen e Casio. As mercadorias, provenientes da China, foram apreendidas em maio deste ano, no bairro de São Cristóvão, após o desembarque no Aeroporto Internacional Tom Jobim.

A Receita manteve contatos com os fabricantes das marcas, que identificaram a falsificação, e confirmou a suspeita. A destruição da mercadoria falsificada será feita no Jardim Gramacho, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, a partir das 14 horas.