A Receita e a Polícia Federal divulgaram nota afirmando terem desmantelado, nesta quarta-feira, uma quadrilha que fraudava importação e exportação de eletroeletrônicos e equipamentos de informática. As ações eram feitas sem o recolhimento de tributos e a estimativa da PF é que o prejuízo seja de mais de R$ 35 milhões.

De acordo com o texto da PF, a quadrilha atuava em Caxias do Sul, na serra gaúcha, e tinha extensões em diversas regiões do país e do exterior. Nove pessoas foram presas e estão sendo indiciados pelos crimes de sonegação fiscal, lavagem e ocultação de bens, valores e dinheiro, entre outros. Investiga-se ainda o crime de evasão de divisas.

A ação recebeu o nome de Operação Dublê, em função dos vários nomes utilizados pelo líder da organização.

Os trabalhos foram iniciados em 2004 e mobilizaram mais de 100 Policiais Federais e Auditores Fiscais da Receita Federal em todo o Brasil, além de contar com o apoio da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal – DIREP.