Mais de 1,35 milhão de empresas têm até as 20 horas (horário de Brasília) de sexta-feira para entregar a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ) 2006. Do total de 1,4 milhão de declarações esperadas no prazo, menos de 50 mil tinham sido entregues até hoje cedo.

Devem declarar as empresas que optam pelo lucro real, presumido e arbitrado, além das entidades imunes e isentas do pagamento do Imposto de Renda (IRPJ).

O prazo de apresentação da DIPJ pelas empresas do Simples e as inativas terminou, respectivamente, em 31 de maio e 31 de março. Ao todo a Receita recebeu 2,5 milhões de declarações, sendo 2,36 milhões das micro e pequenas empresas.

São imunes do IRPJ os templos, os partidos políticos, inclusive suas fundações, sindicatos, além de escolas e entidades de assistência social, sem fins lucrativos. São consideradas isentas as instituições filantrópicas, recreativas, culturais e científicas, entre outras.

A declaração só pode ser feita pela internet. Os programas para preenchimento e transmissão estão disponíveis na página da Receita (www.receita.fazenda.gov.br). A multa mínima para quem perder o prazo é de R$ 500.